Caligrafia, lettering, faux calligraphy e freebie!

caftroom decor faux calligraphy lettering

Sempre que eu mostro uma foto ou vídeo de algo escrito, feito com caneta normal ou com caneta pincel, as pessoas me perguntam como eu fiz, como eu aprendi, qual a caneta que eu usei, etc. Neste post eu respondo a todas essas perguntas e no final você encontrará um passo-à-passo e arquivo para download para começar hoje mesmo!

Como eu aprendi
Eu comecei ainda na escola, no ensino fundamental. Lembro da professora de educação artística nos ensinar um pouquinho de caligrafia falsa (faux calligraphy em inglês). Amava os exercícios e, de uma forma ou de outra, eu continuei fazendo. Claro que muitos anos depois com o curso de design gráfico eu acabei experimentando vários outros materiais. Foi quando morri de amores por brush calligraphy e lettering. Comecei a praticar sozinha em casa mesmo, um pouquinho a cada semana. Quando posso faço todo dia, nem que seja 5 minutinhos.

caftroom decor faux calligraphy lettering crayola

Diferença entre caligrafia, lettering e faux calligraphy
Explicação bem simples sobre esses três termos que ouvimos falar por aí, muitas vezes em inglês mesmo por falta de tradução ou pela popularidade do termo em inglês. É bacana ter uma noção da diferença entre eles pois facilita muito quando vamos procurar por inspirações pela internet.

  • Caligrafia: Arte de bem apresentar as letras através da escrita. Na caligrafia nós escrevemos passando a ferramenta escolhida apenas algumas vezes no papel e tá pronto!
  • Lettering: Arte de encaixar letras através do desenho delas, formando uma composição única. No lettering nós desenhamos passando a ferramenta escolhida várias vezes no papel, até atingir o resultado planejado. O planejamento da composição é muito importante e geralmente começamos por um rascunho à lápis.
  • Faux calligraphy ou caligrafia falsa: é a caligrafia feita com o intuito de imitar a caligrafia escrita com bico de pena ou pincel, sem usar essas ferramentas.

A caligrafia e a faux calligraphy (caligrafia falsa) são as duas formas de escrever que mais atraem as pessoas que querem escrever e ao mesmo tempo enfeitar o planner ou o journal. São essas duas que eu mais pratico e abordarei aqui no blog.

brush calligraphy sharpie tombow

Qual material usar
Eu costumo dizer que não há material errado para começar! Sério, até a caneta que você carrega todo dia serve. Haverá limitações, como não poder variar a espessura do traço aplicando pressão na caneta, exatamente como fazemos quando usamos um pincel ou bico de pena. Ainda assim, você pode usar uma caneta normal para reproduzir esses efeitos. Os materiais de base são: lápis, borracha, régua, papel e o material que tiver para escrever. Se usar tinta muito líquida você precisará de papel específico, caso contrário o papel envergará. Tudo depende da quantidade de líquido que irá depositar sobre o papel. É bacana fazer pequenos testes antes de começar. Às vezes o papel que você possui enverga um pouquinho, mas nada que atrapalhe se o seu intuito for apenas praticar.

faux calligraphy pen step by step como fazer calligrafia moderna

Começando com faux calligraphy 
Eu acho válido começar com faux calligraphy, usando a sua própria letra, por três motivos: é a mais simples de todas, você já tem o material em casa e aprendemos a observar melhor as partes das letras. Isso ajuda bastante quando vamos tentar aprender caligrafia usando um pincel. Nas fotos acima e abaixo eu usei papel para impressora e caneta preta Paper Mate Flair M, mas pode ser o que vocês tiverem por aí.

Passo-à-passo para faux calligraphy 
1) Escreva as letras do alfabeto usando a sua letra um pouco mais aberta e mais espaçada do que o normal.

2) Agora, letra por letra, identifique as partes que você escreveu fazendo um movimento para baixo com a caneta. Exemplo da letra “e”: começamos com um traço para cima e depois descemos.

3) Para cada movimento feito para baixo, adicione um traço com o mesmo formato dessa parte da letra (foto acima). Dica: esse traço pode ser para dentro da letra, para fora ou ambos. Você quem decide isso conforme o que julgar que ficará mais bonito.

4)Pinte a área onde desenhou esse traço adicional (foto abaixo).

faux calligraphy pen step by step como fazer calligrafia moderna

Precisa de ajuda para começar? Baixe o freebie!
Quer começar agora mesmo? É só baixar, imprimir e escrever por cima! Fácil, fácil! Depois de compreender bem como faux calligraphy funciona, aventure-se a fazer as letras de outras formas! Por exemplo, eu não gostei muito do meu D e K, então da próxima vez que eu for praticar tentarei melhorar essas duas letras! Se postarem fotos nas redes sociais, me marque ou usem a hashtag #calligraphy101! Vou adorar ver acompanhar vocês!

download_freebie

Gostaram do post? Gostariam de mais posts como esse? Deixe sua opinião aqui nos comentários! :-*

Post relacionados
Como usar aquarela no journal
Como guardar lápis e canetas
Dicas para melhorar a sua letra

Anúncios

Tudo o que você precisa saber sobre carimbos

carimbos madeira stamps clear silicone dicas como usar ideias

Uns 3 anos atrás eu não tinha carimbos. Nenhunzinho! Para decorar eu preferia usar adesivos e washi tape, o restante era na caneta mesmo. Para dizer a verdade, sempre que eu considerava comprar um carimbo eu desistia. Achava caro quando comparado com adesivos e ficava com receio de enjoar logo daquele desenho, fosse no meu planner ou journal. Pelo foto aí de cima vocês já sabem que eu mudei de opinião. Nesse post eu reuni tudo o que você precisa saber sobre carimbos, o que eu aprendi com eles e no final, algumas ideias de como você pode aproveitar os seus carimbos ao máximo.

Carimbos de madeira versus carimbos de silicone
Eu evitei ao máximo comprar os carimbos de madeira, mesmo não havendo diferenças no resultado final entre os dois tipos de carimbo. Os carimbos de madeira ocupam muito mais espaço que os de silicone, e geralmente são mais caros também. Com uma promoção ou outra, acabei não resistindo aos de madeira também. Os carimbos de silicone precisam de uma base de acrílico e algumas são caras. As minhas preferidas são as em formato de bloco com linhas, ajuda bastante a alinhar os carimbos de palavras e a fazer montagem de múltiplos carimbos para carimbar de uma só vez. Se estiver começando e quiser diminuir os seus gastos, improvise a base usando tampa de caixinha de CD, embalagens de produtos (iPod, iPhone, relógio, Ferreiro Rocher, etc).

Organização e armazenamento
Eu já tentei 3 formas de organizar os carimbos: todos em embalagens originais dentro de uma caixa (funcionou bem enquanto tinha poucos), organizados por tamanho e organizados por temas, que inicialmente guardei em caixa de plástico para fotos. Esta última forma funcionou muito bem, porém os carimbos de silicone começaram a reagir com o plástico da caixa, ambos entortaram um pouco. Por esse motivo prefiro manter todos nas embalagens originais, separo apenas os carimbos pequenos (funcionais e decorativos) para usar no planner. Não é a organização ideal, mas tem funcionado bem. Carimbos de madeira são guardados separadamente, todos deitados com a imagem de referência para cima.

Dicas de limpeza
Após o uso, eu carimbo um lenço umidecido sem perfume. É bem fácil limpar enquanto a tinta está fresca. Quando a tinta da carimbeira não sai facilmente do carimbo (só aconteceu com a carimbeira à prova d’água) eu uso um removedor espercífico para carimbos da StazOn. Com o tempo os carimbos ficam manchados, é normal e isso não afeta o funcionamento deles. Já lavei alguns carimbos de silicone com água e detergente de cozinha bem diluído, mas não vi diferença alguma, então, nunca mais lavei. Usar o lenço umedecido é bem mais rápido e eficiente.

Problemas com carimbos e carimbeiras
Alguns carimbos de silicone não carimbam uma imagem nítida quando novos. Não desista deles, carimbe várias vezes até a imagem sair perfeita. Tirando essa parte, todos os problemas que eu tive com carimbadas não nítidas eram devido às carimbeiras. Não sei explicar o porquê, mas algumas carimbeiras, tanto caras como baratas, deixam a imagem com bolhas (nas partes sólidas do desenho). Já utilisei a técnica de arrastar o carimbo na carimbeira para minimizar essas bolhas, mas não gostei do resultado. Eu guardo as carimbeiras de cabeça para baixo, assim tem sempre pigmento na superfície para quando eu for usar.

Carimbos para planner
Eu diria que todo carimbo pequeno ou médio serve para planner, ao menos para decoração. Mas são os carimbos funcionais que ajudam mais na organização da semana, além de decorar um pouquinho. Há mais opções de carimbos de silicone para planners, principalmente os funcionais. Previsão do tempo, fitness, limpeza, estudos, viagem, alimentação e tantos outros modelos para ajudar no planejamento. Eu não os uso continuamente, tenho alguns poucos que são funcionais. Às vezes prefiro escrever ou desenhar à mão mesmo, porque é mais rápido. Mas se sobra um tempinho, eu uso até demais.

Dicas de uso e limpeza Após o uso, eu carimbo em um lenço umidecido sem perfume. É bem fácil limpar enquanto a tinta está fresca. Eu guardo as carimbeiras de cabeça para baixo, assim tem sempre pigmento na superfície para quando eu for usar. Quando a tinta da carimbeira não sai facilmente (só aconteceu com a carimbeira à prova d'água) eu uso um removedor espercífico para carimbos da StazOn. Com o tempo os carimbos ficam manchados, mas isso não afeta o funcionamento deles. Já lavei com os carimbos de silicone com água e detergente de cozinha bem diluído, mas não vi diferença alguma, então nunca mais lavei. Usar o lenço umedecido é bem mais rápido e igualmente eficiente.

DIY para planners e journals
Há várias formas de usar carimbos, mas focarei nas opções em que qualquer carimbeira pode ser utilizada. Não tem nada mais frustante que descobrir que não pode usar aquela carimbeira nova no planner ou no seu journal porque a tinta vaza, não é mesmo? E se eu te dizer que tem um jeitinho? Eis aqui algumas ideias, e no final um vídeo mostrando algumas coisas que eu fiz.

  • post-it decorado
  • customização de adesivos
  • adesivos usando etiqueta branca
  • bloquinho de anotações decorados
  • decoração de presentinhos e cartões
  • desenhos para colorir com lápis de cor
  • recortes para decorar journal, smash book, scrapbook

Esqueci de adicionar alguma coisa neste post? Tem alguma dúvida? Deixe aqui no comentários 😉

Materiais usados
Carimbos de madeira: a grande maioria comprei na Michaels
Carimbos de silicone: Sweet Stamp Shop (café, xícaras), Heidi Swapp (words), marcas diversas
Carimbeiras: Genéricas (dollar store), Memento (dew drop)
Planner: Filofax The Original na cor nude (tamanho personal)
Post-it Super Sticky (post-it cola quase na folha inteira)
Adesivos Floral: The Jumping Fox http://etsy.me/1OSKZfP
Insert semanal que aparece na foto: The Jumping Fox http://etsy.me/1rjE3gV
Insert semanal que aparece no vídeo: The Jumping Fox http://etsy.me/27FfNHd

Como organizar e decorar a mesa de estudos ou trabalho

decoração journaling cards cantinho mesa estudo quarto trabalho

Quem não gosta de um cantinho todo organizado, bonito e cheiroso para estudar ou trabalhar? Daqueles que só de olhar a gente já tem vontade de sentar e ficar? Mas como organizar e decorar quando você não encontra ou não tem dinheiro para comprar todos os itens que gostou lá naquelas fotos no Pinterest? Por onde começar? Acompanha o post que eu te conto tudo.

Não tenha pressa
Organizar e decorar o seu cantinho é um projeto pessoal de longo prazo. Você provavelmente não vai arrumar tudo em um único final de semana mesmo, então para que a pressa? Comece por identificar os itens que mais usa e que será mais prático ter à disposição. Com isso você já vai saber que tipos de organizadores precisa. Escolha cores ou temas para a decoração, vai ficar mais fácil decorar se alguns itens possuirem algo em comum. Para os itens mais caros, economize o dinheiro, procure por soluções alternativas mais baratas ou espere por promoção ou data especial para se auto presentear.

Reutilize e renove itens usados
Eu gosto de começar com o que eu já tenho, principalmente quando não estou certa ainda exatamente do que preciso. Alguns dos projetos da faculdade precisavam de uma mesa maior onde eu pudesse cortar papel com estile, fazer trabalho de artes, etc. Eu fazia isso na mesa da cozinha e nem preciso dizer o quanto isso era ruim. Quando trocamos a mesa do computador resolvi usar a antiga para deixar somente para execução desses projetos. A faculdade terminou e eu continuo usando ela para trabalho, apenas adicionei um tampo branco novo em cima. Uma outra opção seria usar papel contact na cor ou estampa que preferir, caso queira customizar o tampo e gavetas.

decoração journaling cards cantinho mesa estudo quarto trabalho

Organizadores de mesa e de parede 
Eu falei como organizar canetas e como armazená-las em um outro post (links no final deste post), então não falarei sobre isso aqui. Com certeza usar copos e canecas é a forma mais fácil e rápida de descobrir se você realmente precisa desses itens à disposição, quais mais usa ou se prefere tudo em estojos para utilizar o espaço para outra coisa. Organizadores de parede são mais difíceis de achar nas lojas. Vale a pena dar uma olhada nas opções de organizadores para cozinha e banheiro, pois algumas peças são super neutras e irão combinar com qualquer coisa. Outras opções são prateleiras estreitas e nichos (aqueles retângulos ou quadrados de madeira).  Lembre-se apenas que a grande maioria dessas opções precisarão ser fixadas na parede com parafuso e não são para armazenar itens pesados.

Organização para mesas pequenas
Fica difícil ter organizadores, material e decoração se a sua mesa for pequena ou possui pouco espaço livre porque o computador ocupa a maior parte dela. Nesses casos você pode organizar kits de acordo com as suas atividades, colocando em caixas ou pastas, o que for mais apropriado. Assim, você só coloca na mesa o que for usar no momento e não precisa sair à caça desses objetos toda vez que for fazer algo. Exemplo de kits: 1) pasta com informações de clientes, livros de referência e caderno de idéias; 2) papel milimetrado, di-log, monolog, régua grande e canetas coloridas. Ter uma estante pequena próximo à sua mesa pode ajudar a organizar todo o seu material.

decoração journaling cards cantinho mesa estudo quarto

Decoração da mesa e da parede
Essa parte é bem subjetiva, tem quem goste de tudo bem clean e minimalista, já outras pessoas preferem bem decorado e colorido. Eu tendo a variar entre os dois estilos e por isso compro objetos de decoração que possam ser usados em outros lugares da casa também. Uma boa alternativa para decoração de parede sem parafusos é o uso de papel para scrapbook, imagens impressas ou cartões feitos à mão e washi tape. Foi o que eu fiz na parede do meu cantinho. Reuni alguns recortes de papel para scrapbooking e journaling cards, ensaiei algumas composições na mesa e fixei na parede a composição que mais gostei. Se você curte aquarela e lettering, esta é uma ótima forma de expor algumas de suas artes. Frases de motivação são perfeitas para as paredes! Caso não goste da ideia de usar washi tape, é possível usar moduras de quadros para fazer um varalzinho. Aí é só usar mini pregadores para prender os papéis. Por último, eu gosto de adicionar alguma plantinha. Minhas favoritas são as suculentas.

Decoração extra para quando sobra espaço 
Use e abuse de objetos que você possue e os acha bonito. Pode ser um livro, planners em uso, rolinhos de washi tape empilhados, lápis coloridos, porta-retrato, origami, etc. Tente combinar objetos de diferentes tamanhos (preferencialmente pequeno, médio e grande) para que sua decoração fique interessante e harmoniosa. Preencher quase todo o espaço livre com o que achar bonito não só vai encher os seus olhos como vai dar uma sensação de lugar aconchegante.

Cheirinho bom 
Velas perfumadas, incensos e óleos esenciais são ótimos para perfumar o ambiente. Eu os uso com moderação, geralmente prefiro o cheirinho de chá ou café que eu faço todo dia.

decoração journaling cards cantinho mesa estudo quarto

Tem alguma dica de decoração que não foi mencionada aqui? Compartilhe nos comentários 🙂

Posts relacionados
Como guardar lápis e canetas
Meu organizador de canetas e como você pode fazer o seu
Estuda, garota! – Ambiente de estudo

Decoração da semana com lápis de cor

planner argolado agenda kikki.k amarela lapis de cor colorir como decorar gastando pouco

Seja porque você não tem acesso a itens de decoração ou simplesmente porque quer experimentar algo diferente (meu caso!),  você já pensou em quais materiais alterativos aos convencionais podem ser usados na decoração do seu planner? Guache e aquarela não é uma opção viável para quem não possui o papel correto para esse tipo de material. E que tal lápis de cor? Garanto que você deve ter algum por aí!

Grafite colorido também é uma opção
Muito tempo atrás, em um passeio numa dólar store na minha cidade (para quem é novo por aqui, eu moro no Canadá) eu encontrei uma caixinha de grafite colorido. Nela veio várias minas, uma de cada cor. Eu já tinha 1 caixinha de grafite verde da Pilot (Color Eno) que comprei no Brasil. Comprei lapiseiras de corpo colorido bem baratinhas (PaperMate Grip) e voilà! Usei elas na decoração. A única diferença entre as lapiseiras e o lápis de cor é a ponta bem fina (0.7mm). No caso do lápis, basta apontar com frequência. Um apontador com reservatório vai ajudar a fazer menos bagunça.

O que desenhar no planner 
O que você quiser! Pode ter relação com o que for escrito naquele dia ou ser puramente decorativo. Você pode usar réguas gabarito ou pequenos objetos como moeda e o interior de uma washi tape para ajudar. Meus desenhos são geralmente um misto entre decoração funcional, aquela que além de decorar tem a função de informar/auxiliar, e desenhos relacionados a algo anotado naquele dia. Você pode também desenhar com caneta preta e pintar com lápis de cor no final de semana.

planner argolado agenda kikki.k amarela lapis de cor colorir como decorar gastando pouco

Meu processo
Eu geralmente começo por pegar tudo o que eu preciso, dispor na mesa e fazer algo para beber. Geralmente é um mocha (café com leite e chocolate) ou um chá. Nesse dia foi chá da Alice in Wonderland que ganhei de uma amiga. Comecei anotando a previsão do tempo, pois nessa semana eu precisava tirar fotos e resolver algumas coisas da rua. Anotei os seriados que eu tenho assistido na TV e comecei a fazer a lista de tarefas para segunda e terça-feira. Como esse planner é somente para a minha vida pessoal e cuidados com a casa, eu não planejo rigidamente as tarefas. Vou aos poucos e de acordo com o tempo livre que tenho. Coloquei os lembretes “Tem fruta na geladeira” e “Regar as plantinhas” com pequenos desenhos. O restante da decoração foi feito no final de cada dia ou no fim de semana.

planner argolado agenda kikki.k amarela lapis de cor colorir como decorar gastando pouco

Vantagens da decoração com lápis de cor 
Quantas de nós já se decepcionou com uma caneta ou carimbeira que vazou para o outro lado da folha? Pois é, com caneta gel ou esferográfica e lápis de cor não tem essa preocupação. Eu continuo gostando de usar adesivos, washi tape e carimbos na decoração, mas usar lápis de cor foi muito gostoso e terapêutico também. Há algumas linhas de lápis de cor que são apagáveis também, fácil de consertar pequenos erros. Desenhar para decorar é uma boa oportunidade para quem quer praticar pequenos desenhos e doodles com mais frequência.

Até a próxima 🙂

Produtos que aparecem nas fotos:
Planner argolado amarelo – Kikki.K
Refil semanal horizontal – The Jumping Fox
Lapiseiras coloridas – PaperMate Grip
Régua gabarito – Loja Kinokuniya em Nyc (Daiso Japan USA tem, talvez na do Brasil tenha)

Como alcançar seus objetivos em 2016

como alcançar objetivos produtividade
Wow! Estamos em abril, já! Tempo voa, baby! Na minha cabeça eu já imagino 2016 como uma barra de progresso marcando nos 30%. De tempos em tempos eu releio as minhas resoluções de ano novo, só para garantir que eu estou na direção certa e também para repensar o que quero. Algumas coisas acabaram ficando para trás, hábitos novos que eu comecei mas não mantive o ritmo. Nesse post eu falarei um pouco como é esse processo de revisar os objetivos de 2016, colocá-los em ação e lidar com falhas também.

Revise as resoluções para 2016
Marque o que você já fez, conquistou e indique o que está em andamento. Não tenha receio de eliminar algumas resoluções que nem tentou ou que agora não fazem mais sentido. Quatro meses é muito tempo. Nossa vida pode ter mudado e nossas prioridades também. Se você não escreveu suas resoluções no início do ano, sem problemas! Escreva agora o que quer fazer e conquistar em 2016. Se precisar de inspiração, as minhas estão aqui.

cantinho mesa decorar organizador lápis caneta

Escolha os objetivos para o mês de abril
Agora que você tem a sua lista, priorize e escolha os objetivos para o mês de abril. Já estamos na metade do mês, então não seja tão exigente. Melhor começar devagar mas indo sempre na direção certa do que ir com tudo nesse mês e em maio você largar tudo pela metade porque sente que não tem tempo para outras coisas. Misture objetivos fáceis com difíceis ou de longa duração. Nesse mês eu escolhi reorganizar e decorar o meu apartamento, diminuir o uso de internet e celular e planejar uma grande viagem para algum lugar que gostaria de conhecer. Eu comecei pela viagem e dois dias depois, percebi que essa viagem não irá acontecer nos próximos meses. Assim que comecei a planejar eu percebi que minhas prioridades mudaram desde o início do ano, então abortei a missão e passei para a reorganização e decoração do apartamento.

Quebre cada objetivo em tarefas menores
No começo do ano eu ja sabia que queria organizar e decorar o apartamento. E para fazer isso direitinho eu sabia que eu teria que destralhar, tirar coisas que eu não quero mais, doar, etc. E foi o que eu fiz nos primeiros meses. Um dia de noite eu peguei meu organizador de lápis e canetas, no final de semana o guarda-roupa, e assim por diante. Nesse mês organizar e decorar esta sendo fácil. Final de semana passado mudei algumas coisas de lugar e decorei com o que eu ja tinha. Aliás, não comprar nada novo é um outro objetivo meu.

objetivos hábitos tarefas diárias planner filofax rotina

Não espere pelo momento certo
A grande maioria das pessoas tentam encontrar o momento ideal para fazer as coisas. E se esse momento ideal nunca chegar? E se esse momento ideal precisa ser criado por você mesma? Se mexa e mantenha-se em movimento! Começar pode ser difícil e assustador ao mesmo tempo, mas uma vez que você vence essa barreira inicial, fica mais fácil manter as coisas funcionando.

Acompanhe seu progresso
Periodicamente eu atualizo o meu planner, faço questão de marcar o que fiz e o que conquistei. Alguns novos hábitos são diários, então acompanho no refil semanal mesmo. Como é bom ver a lista de objetivo diminuindo! Sentimento de que a vida está caminhando como eu quero (ao menos aquilo que podemos controlar), de pequenas conquistas e equilíbrio na vida.

Se cair, levante de novo
Seja porque às vezes as coisas são mais difíceis do que imaginamos ou porque simplesmente falhamos em manter o objetivo em andamento, não se vitimize e nem culpe o mundo por isso. Reflita, aceite as falhas, aprenda com elas e comprometa-se novamente. Em 1o de janeiro eu comecei atividade física diária em casa junto com uma postura alimentar mais saudável. Tudo ia bem ate ter ficado muito doente no final de fevereiro. Tive que parar a atividade física e não voltei até agora! Cada dia que passa parece mais difícil voltar, mas desse mês não passa!

Devagar e sempre 
Próximo final de semana será de descanso, pouco importa se os objetivos de organização para o mês de abril foram alcançados ou não. É preciso descansar também, curtir um pouco os objetivos alcançados. Única excessão são os hábitos diários. Assim que minha lista de objetivos acabar eu recorro à minha lista de resoluções para 2016 e escolho mais alguns para realizar.

É isso! O post ficou um pouco longo mas eu queria dar uma ideia mais detalhada de como é que eu tiro os meus objetivos do papel e os coloco em ação.
Até a próxima!

Posts Relacionados:
Resoluções de ano novo
Filofax Domino Patent Turquesa
Meu organizador de canetas 

Refil que aparece na última foto é da minha loja no Etsy.
A5
Personal
Traveler’s Notebook Regular

Meu organizador de canetas e sugestões de como você pode fazer o seu

organizar organizador de canetas como fazer papelaria lapis de cor

Se tem um objeto meu que faz sucesso nas minhas fotos e vídeos (no Snapchat) é esse aí, meu organizador de canetas e outras coisinhas de papelaria. Eu comprei ele em uma loja note-americana chamada Michaels e infelizmente, até onde eu sei, não tem para vender no Brasil. Muito antes de existir esse blog, o Pinterest e DIY na internet, eu me virava com o que tinha em casa, principalmente reaproveitando embalagens. O acabamento podia não ser dos melhores, mas a utilidade era a mesma! Fica aqui então a minha sugestão de como você pode fazer o seu organizador.

O organizador da Michaels
Ele é de madeira MDF branca contendo 3 divisões: a de baixo onde encaixa duas gavetas, a do meio e a de cima são vãos livres. O organizador de canetas pode ser encaixado em um dos dois vãos ou usado na mesa (tanto na horizontal quanto na vertical).

organizar organizador de canetas como fazer papelaria lapis de cor

Medidas: 36cm (altura) x 36 cm (largura), 18cm de profundidade

Opção 1: Empilhar caixas de MDF 
Sabe aquelas caixas de madeira crua em MDF vendidas em casas de artesanato para você mesmo pintar? Então, elas são as melhores para fazer isso, são baratas e podem ser pintadas na cor que você quiser e achar que vai combinar melhor com a decoração do seu cantinho. Se não tiver uma loja de artesanato na sua cidade, procure por “caixas MDF cru” com a ajuda do Google. Há várias opções. Não esqueça de olhar os modelos de gaveteiro, organizador de chá, arquivo, etc. Se for empilhar, escolha peças com a mesmas profundidade e largura ou de mesma largura (empilhar fazendo uma escada).

organizar organizador de canetas como fazer papelaria lapis de cor

Opção 2: Reutilização de papelão, latas e potes de vidro
As caixas de alimentos (sucrilhos, chá, etc) e as de sapato são ótimas para fazer organizadores. Você pode tanto desmontá-las para reutilizar o papelão e fazer coisas diferentes como encaixar caixas menores dentro de maiores para criar as subdivisões. Dessa forma você não gasta nada com a compra desse material, basta esperar um tempo para juntar uma quantidade de caixas suficiente para fazer o que quiser ou pedir a ajuda da família e vizinhos para doar caixas para você. Caixas de objetos grandes como a televisão, computador, microondas e de produtos de supermercado também podem ser utilizados. Apenas escolhas as caixas que estiverem secas e sem cheiro (evite caixas de material de limpeza). Ah, não esqueça do miolo do rolo de papel higiênico e do papel absorvente, nem mesmo das latas e potes de vidro! São ótimos para organizar lápis e canetas.

Opção 3: Comprar organizadores para outros tipos de objetos 
Lojas de decoração e organização para casa são cheias de organizadores para banheiro, quarto, maquiagem, documentos. Alguns deles podem ser facilmente utilizados para itens de papelaria. Os organizadores transparentes de acrílico são divos demais!

Informações úteis 
Quando for em lojas, o ideal é você ter uma régua ou fita métrica e algumas medidas dos itens que você quer organizar. Facilita saber qual é a medida do seu maior furador de papel, largura do seu planner, e até o comprimento dos seus lápis (leve um com você, é fácil de testar na loja).

Sugestões de acabamento 
Pintura com tinta acrílica, colagem de papel + verniz, encapar usando papel contact, colar ou adesivar tecido.. Encapar com papel de presente e papel contact são as minhas opções favoritas.

diy pap organizadores lapis caneta washi

Precisa de mais fotos para te inspirar? 
Clica aqui para ver alguns DIYs de organização que eu reuni lá no Pinterest.

Como eu decorei o planner pessoal no mês de janeiro

como decorar planner agenda decorado washi carimbo stamp

Faz tempo que eu não faço um vídeo, né?  Então, aproveitei para mostrar a decoração das páginas do mês de janeiro do meu planner pessoal. Eu troquei a capa, estou usando a Kikki.K amarela no tamanho medium (personal). Nem terminei de montar o planner ainda, mas essa cor amarela é simplesmente divina e alegra os meus dias.

Mês de janeiro foi com muita washi tape, carimbo, canetas coloridas e (um pouquinho) de lettering (as frases escritas à mão). Pra mim, o uso do planner pessoal é mais motivacional. Eu trabalho em casa, então boa parte dos meus compromissos e datas de entrega estão marcados no outro planner. Nesse eu posso me desligar do trabalho, sem esquecer de cuidar da casa também.

Lista do itens que aparecem no vídeo

  • Planner: Kikki.K amarelo no tamanho medium (personal)
  • Refil semanal: The Jumping Fox (post relacionado aqui)
  • Caneta preta – MUJI 0.38mm (post relacionado aqui)
  • Caneta fina pink e verde: PaperMate gel 0.7mm
  • Caneta nas frases – Frixion Colors (post relacionado aqui)
  • Estencil com caixinhas: Hobonichi (post relacionado aqui)
  • Diecuts com foil dourado: Simple Stories
  • Washi tape e carimbos: maior parte comprei na Michaels (loja Norte Americana).

Qualquer dúvida basta perguntar aqui nos comentários. Se você tiver alguma sugestão de tipo de decoração, pode deixar aqui também 🙂 Até o próximo post!

PS: Estou usando o Snapchat diariamente, então se você quiser me acompanhar é só adicionar meureinodepapel lá.